Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Graforreia Intermitente

Opinadelas, Politiquices, Ordinarices, Música, Cinema, Lirismo, Contos e muito mais!

Graforreia Intermitente

Opinadelas, Politiquices, Ordinarices, Música, Cinema, Lirismo, Contos e muito mais!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Opinadela: Opiniões? Há muitas!

Ok, agora vou ser hipócrita.

Já repararam na facilidade com que as opiniões “cresceram”? Seja por se fazer bandeira da liberdade de expressão – muitas vezes vandalismo de expressão –, seja pelo avanço das redes sociais com acesso nos smartphones em todo o lado e a toda a hora.

Mas muitas opiniões são como propaganda enganosa, tornam-se virais e são divulgadas sem filtro qualitativo. Apesar de opiniões, travestem-se de imparcialidade para dar um ar de seriedade ou para serem politicamente corretas. Tentam abandonar o caráter de expressão individual e fazem-se passar por verdades absolutas e incontestáveis.

Parece que, hoje em dia, de opinion makers e de louco todos tentam ter um pouco.

E as consequências? Manipulação de informação e desinformação, destruição da credibilidade ou criação de “falsas fés”, verdades duvidáveis e “inverdades”. E, no final, o ruído é tanto que o cansaço leva a que se opte por não ter interesse nas opiniões dos outros ou se passe a idolatrar apenas a opinião de um restrito grupo de indivíduos.

 

 

Música: As brasileirices que eu ouço

Não, não ouço Caetano Veloso, Daniela Mercury, Adriana Calcanhoto, Gilberto Gil, ou similares. Ok! Tenho de excetuar as raras vezes que dou por mim a ouvir Malu Magalhães e Maria Gadú, mas são mesmo muito raras.

A música brasileira que mais ouço entra na onda funk carioca e tecnobrega – excetuando-se Cansei de Ser Sexy (CSS) que é algo mais “pop-rock-eletrónico” e Ivete Sangalo (o porquê eu não sei, mas diverte-me!).

Ouço Bonde do Rolê – que conheci através da Sic Radical com o videoclip de “Solta o Frango” – Banda Uó ou Gabi Amarantos – que me foram dadas a conhecer por um goianense – ou, ainda, Gaiola das Popozudas –  que surgiram como vídeo recomendado no Youtube.

Quando ouço este tipo de música não penso na qualidade, aliás não penso de todo. Fico apenas a ouvir, com vontade de me mexer, de pular e de “cantar”. Resumindo: divirto-me à brava.

E porque hoje é sexta-feira, aqui ficam umas sugestões para se divertirem também:

 

 

 

Opinadela: Jornalismo sério ou oportunista

Ainda vou passar por ser anti jornalismo ou por não ter qualquer respeito pelos seus profissionais, mas a verdade é que existem maus exemplos nesta classe cuja função é essencial para a sociedade. Nesta classe como em todas as outras!

Se, anteriormente, critiquei o sensacionalismo, hoje debruço-me sobre o oportunismo.

Não vou debater-me mentalmente para opinar sobre a questão das dívidas contributivas de Pedro Passos Coelho. Se são ou não justificáveis e quais as suas consequências. Tenha sido lapso ou não, cabe aos eleitores decidirem se se trata de algo desculpável. A mim, custa-me a engolir, principalmente depois de decidir afirmar que não é um cidadão perfeito, como se fosse a desculpa exemplar. É preciso moral para algumas coisas, como, por exemplo, para ser Primeiro-Ministro.

Mas este assunto fez-me refletir sobre a tal questão do oportunismo de alguns jornalistas e da orientação editorial imparcial.

Segundo ouvi e li, PPC já teria sido confrontado com esta informação da dívida à Segurança Social em 2012. Todavia, não me recordo deste assunto ter sido noticiado nessa altura. Passados 3 anos, em ano de legislativas, a notícia é finalmente publicada (ou republicada?). Quais os motivos deste compasso de espera? Terá ficado guardado na gaveta à espera da melhor altura para ver a luz do dia? Os tais jornalistas que confrontaram PPC preferiram não divulgar a informação na qual tropeçaram? Digo “tropeçaram”, pois caso tenha sido resultado de um trabalhoso processo de investigação, não me parece lógico que tenham “trabalhado para aquecer”!

 

 

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub